51 3489.2100

A Olimpo apresenta soluções de limpeza com base em 4 pilares

Gestão de Restaurantes: organização é a chave

A fachada atrativa, o ambiente aconchegante, a sensação de ordem, limpeza e cuidado, o capricho nos pratos e o atendimento impecável demandam esforços conjuntos de cozinheiros, fornecedores, garçons, atendentes, serviços de limpeza e um ótimo gerenciamento: os desafios da gestão de restaurantes são diários, e a organização é a chave para solucioná-los com eficácia. É necessário ter em mente a responsabilidade que o trabalho exige de seus profissionais, que devem possuir um perfil versátil, espírito de liderança, capacidade de trabalhar sob pressão em multitarefas, visão logística e bom relacionamento com funcionários e clientes. Para tudo isso funcionar, algumas práticas são primordiais. Confira-as:

 

– Contas: os custos de fornecedores, estoques, infraestrutura e equipe podem corresponder a despesas altas, mas um controle financeiro diário é essencial para verificar se o negócio irá suprir os custos semanais e mensais.

– Localização: considere o bairro e as redondezas da cidade, bem como a facilidade de estacionamento ou acesso, como fatores fundamentais no momento de decisão do cliente sobre frequentar ou não o seu estabelecimento.

– Espaço: na parte interna do restaurante, organize seu funcionamento em ambientes distintos (com aberturas largas para a passagem de mais pessoas e acessibilidade), de forma a criar um fluxo de movimento no interior do local, do salão de refeições à área dos lavabos (evitando mesas próximas às portas dos banheiros) e entrada à cozinha.

– Ambiente: um dos elementos fundamentais na satisfação dos consumidores em restaurantes é o ambiente, que deve ser adequado à proposta do local em todos os mínimos detalhes, dispondo de móveis confortáveis e posicionados de forma funcional, decoração agradável, cuidado com ruídos sonoros (da música ambiente à acústica do espaço), iluminação bem projetada e…

– Higiene: uma má higiene provoca não apenas a repulsa dos frequentadores como também pode acarretar risco para a saúde dos clientes, problemas com a vigilância sanitária e ameaçar a segurança do trabalho. Dessa forma, é imprescindível que a limpeza do restaurante seja realizada de forma impecável, utilizando-se de equipamentos de limpeza profissional e utensílios para restaurante que estejam adequados às exigências de uma cozinha industrial, como produtos e facilitadores.

– Atitudes: de simples práticas como comprar produtos de limpeza com baixa espumação, que gastam menos água para enxaguá-los da superfície, a iniciativas de responsabilidade socioambiental (veja nossas recomendações aqui!), realize esforços diários em seu restaurante para aumentar a produtividade.

– Sintonia: fique atento ao equilíbrio entre o produto, o restaurante e o cliente, de forma que os três elementos essenciais do ramo estejam em acordo — só assim virão os resultados desejados.

– Empatia: o estímulo à qualidade do atendimento em restaurantes deve contar com treinamentos e incentivos aos funcionários para que tenham uma atitude de liderança e proatividade, que têm como objetivo despertar a satisfação dos clientes através de prontidão e gentileza, do garçom ao auxiliar de limpeza.

– Público: conheça seus clientes e saiba quem você quer que frequente seu restaurante, estabelecendo as estratégias do negócio desde a comunicação da marca até formas de tornar o ambiente ainda mais receptivo, utilizando-se de pesquisas para investigar os desejos e expectativas dos consumidores.

 

Fique atento às dicas da Olimpo!

 

Procurando indicação de produtos? Confira as sugestões da Olimpo aqui.

Compre agora!
Fale com a Olimpo e encontre a
melhor solução para a sua limpeza